domingo, 23 de julho de 2017

Keep your head up, keep your love


Tem dias que a gente não consegue olhar para o horizonte, parece que há nossa mente esquece que um horizonte existe. Tudo é mecânico, nossos olhos se acostumam com o chão e sonhar não é um opção, porque não há tempo, não encaixa na agenda, porque não terá curtidas nas redes sociais, porque é muito difícil, demorado e não vai dar.
Tem dias que a gente vive sonhando, a gente só olha para o horizonte e almeja, mas não faz nada para realizar, tudo se torna algo inalcançável porque existe milhares de folhas, milhares de pastas com o sonho, mas não com ações.
A vida é traiçoeira às vezes. É fácil de dizer que "quem faz o futuro é você" ou "trabalhe com o que você ama", quando tudo isso é muito fácil para fazer, afinal tem futuros que não são facilmente mudados, porque o mundo não é justo e as oportunidades não são iguais.
E tantas vezes a gente complica tanta coisa também, tantas vezes a gente olha só para o próprio umbigo, outras a gente esquece de se amar, tantas outras a dor imobiliza. A vida é traiçoeira. Nós somos traiçoeiros. Com os outros, Conosco.
Mas essa é a vida. Mantenha a cabeça erguida, mantenha seu amor. As águas podem ser sombrias, mas a horizonte pode ser grandioso. Nem sempre dá certo, mas não tem como saber, não é?

Nenhum comentário:

Comentário